WhatsApp Image 2021-09-13 at 09.11.13.jpeg

PROGRAMAÇÃO INICIAL
II ENCONTRO INTERNACIONAL DO CONSELHO DE MINERVA
Tributo a Pedro, O Libertador
Portugal Continental, Açores e Madeira.

Setembro 2022

 

  • 17 (sábado) Rio de Janeiro

17H00 Saída para O Porto.

  • 18 (domingo) O Porto

Chegada recepção e instalação hotel. Tempo Livre.

  • 19 (segunda) O Porto

City Tour e almoço em Matosinhos. Sugestão: degustar 3F: Fenecas, Frescas, Fritas (a primeira refeição de D. Pedro ao desembarcar com as tropa). 
Visita à Quinta do Infantado (antiga propriedade de Dom Pedro).

  • 20 (terça) O Porto

Dia Livre. 
Tour opcional a Santiago de Compostela. No retorno parada para fotos no castelo em Guimaraes. Visita a Sé de Braga, onde se encontra a cruz da primeira Missa no Brasil.

  • 21 (quarta) O Porto

Dia Livre. 
Tour opcional) a Quinta da Aveleda, passando por Amarante, Igreja de São Gonçalo, visita a Fundação Casa de Mateus. Almoço em Peso da Régua, visita ao mirante Casal dos Loivos, retorno ao Porto. 

  • 22 (quinta) O Porto

Visita à Universidade do Porto com diplomação de Conselheiros Eméritos de Minerva, durante os seguintes eventos:
   Em Organização, por responsabilidade de cada Associaço: 
1º  Encontro Internacional dos Antigos Alunos da Faculdade Nacional de Odontologia;
1º Encontro Internacional dos Antigos Alunos da Faculdade Nacional de Medicina: Palestra do Dr. Paulo Cesar Fructuoso sobre “A Face Oculta da Medicina”;
1º Encontro Internacional dos Antigos Alunos da Escola Politécnica. Palestra do Engenheiro Prof.  Heloi Moreira sobre “As luzes de Portugal no brilho da Engenharia do Brasil”;

  • 23 (sexta) O Porto

Tour: “O cerco do Porto 1832/33 e as marcas D. Pedro” no Porto.

  • 24 (sábado) O Porto

Manhã: cerimônia na Praça da Liberdade aos pés da Estátua Equestre de Dom Pedro IV, com outorga do Colar Pedro, O Libertador. 

Ao cair da tarde: Exéquias (data de falecimento) de D. Pedro IV na Igreja de Nossa Senhora da Lapa. Outorga do Colar Pedro O Libertador à Irmandade.  

  • 25 (domingo) O Porto > Lisboa

Manhã: 
09h30 Saída de Ônibus. Destino Coimbra;
11h00 Coimbra, visita à Universidade; 
Visita a Quinta das Lágrimas, onde será possível almoçar;
13h30 Prossegue para Mosteiro de Alcobaça;
15h00 Visita ao Mosteiro de Alcobaça;
16h00 Prossegue para Lisboa; 
18h00 Chegada em Lisboa.
Instalação Hotel. 

  • 26 (segunda) Lisboa

Manhã Livre. 
A tarde e noite outorgas do Colar do Mérito Pedro, O Libertador:
- Fundação D. Pedro IV;
- Comunidade Israelita de Lisboa. 

  • 27 (terça) Lisboa

Visitas e outorgas do Colar do Mérito Pedro, O Libertador:
- Arquivo Nacional da Torre do Tombo; 
- Biblioteca Nacional de Portugal;
- Palácio Nacional de Queluz, com colocação de flores no quarto D. Quixote onde nasceu e faleceu D. Pedro. 

  • 28 (quarta) Lisboa > Évora

09h00 Saída de Ônibus; 
10h30 Chegada a Évora. City Tour e visita a Universidade de Évora;  
Instalação no hotel e tempo livre para almoço;
A tarde
Visita ao Castelo de Évora Monte – onde foi assinada a paz entre as tropas de Pedro IV e seu irmão Miguel, com outorga do Colar à Liga dos Amigos do Castelo de Évora Monte.

  • 29 (quinta) Évora > Lisboa > São Miguel, Açores

Manhã livre; 
14h00 Saída de ônibus para o Aeroporto de Lisboa;
17h30 Voo para Ilha de São Miguel, Açores.
20h30 Chegada ao Hotel nos Açores. 

  • 30 (sexta) Açores.

Manhã
Visita a Universidade dos Açores com outorga do Colar Pedro, O Libertador;
Tarde
Visita ao Governo Autónomo dos Açores com outorga do Colar Pedro, O Libertador.
 

Outubro 2022

  • 01 (sábado) Açores

Tempo livre. Visita opcional aos banhos termais da Ilha de São Miguel; 

  • 02 (domingo) Açores

Tempo livre. Visita opcional às ilhas, com ênfase para a Terceira e sua Angra do Heroísmo.  

  • 03 (segunda) Açores > Funchal, Madeira

12h00 Voo para Funchal na Ilha da Madeira
14h40 Chegada a Funchal
Instalação Hotel 
City Tour pelo Funchal
A noite
Homenagem à memória do Advogado madeirense José Maria Martiniano da Fonseca, Mártir da Liberdade. 

  • 04 (terça) Funchal

Tempo livre. 

  • 05 (quarta) Funchal

Tempo livre

  • 06 (quinta) Funchal

Tempo Livre. 

  • 07 (sexta)

11h35 Voo para Lisboa
13H5 Chegada a Lisboa e término da programação. 

Retorno ao Brasil ou a partir desta data ou programações particulares.
 

Acesse o vídeo completo em:    https://youtu.be/8L357lvdypE

Medalha “Pedro O Libertador”

Press Release 01/21

O Conselho de Minerva, associação de ex-alunos da UFRJ, criou a medalha “Pedro O Libertador”, em homenagem a Dom Pedro I do Brasil e IV de Portugal. A primeira instituição a ser condecorada será a Venerável Irmandade de Nossa Senhora da Lapa, na cidade do Porto, que tem a guarda do coração de Dom Pedro.

Razão da Medalha

A medalha tem como referência a atuação de Dom Pedro a favor da independência e integralidade do Brasil. Não apenas deu o Grito do Ipiranga, como também lutou contra movimentos separatistas ou partidários às Cortes de Lisboa, razão por que foi proclamado “Defensor Perpétuo do Brasil”.

Em retorno a Portugal combateu ao lado dos liberais da cidade do Porto para restaurar o governo constitucional usurpado por seu irmão Miguel, sendo reverenciado como “Rei Soldado” e “Libertador”.

Histórico de Vida

Pedro de Alcântara de Bragança e Bourbon nasceu a 12 de outubro de 1798. Chegou ao Brasil com apenas 9 anos. De natureza hiperativa, era tido como pouco dedicado aos estudos, mas lia em latim, francês, inglês e alemão. Apreciava as artes e era exímio musicista, com domínio do clarinete, do fagote e do violoncelo. Compôs melodias patrióticas, tais como o Hino a Don João, o Hino da Independência do Brasil, e o Constitucional de Portugal, além de peças sacras, estas em poder da Cúria Metropolitana do Rio de Janeiro. Até hoje a marcha “Ituzaingo” que recepciona o presidente da República Argentina é considerada de sua autoria, e teria sido composta no campus de batalha da Guerra da Cisplatina. Desde cedo empenhou-se na equitação, natação e esportes radicais, tendo sido um dos pioneiros a escalar o Pão de Açúcar. De aparência e compleição física de destacável na época, 1m74 entre contemporâneos de 1m50, teve uma larga trajetória de conquistador e deixou muitos filhos, alguns deles reconhecidos. Faleceu no Palácio de Queluz, no mesmo quarto onde nasceu, a poucos dias de completar 36 anos. 

Conselho de Minerva

O Conselho de Minerva é uma organização não governamental que reúne as associações e antigos alunos da UFRJ, tendo como objetivo valorar a educação, como indispensável para o desenvolvimento do país e o bem-estar do seu povo. Seus propósitos e atividades podem ser visualizadas em www.conselhodeminerva.com.br
 

Responsável: Sebastião Amoêdo
WhastsApp 21 981007501